CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Putin: Parceria entre Rússia e China é baseada em igualdade, confiança e respeito pela soberania

Presidente russo vai visitar o aliado asiático a partir da próxima quinta-feira. Esta será a primeira visita internacional de seu 5º mandato

Presidentes Putin e Xi (Foto: TASS)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Sputnik Brasil - Em entrevista a uma agência de notícias chinesa, Putin elogiou as relações entre Rússia e China, destacando as parcerias econômicas e comerciais. O presidente russo visita o vizinho asiático esta semana.

O presidente russo, Vladimir Putin, disse que a Federação da Rússia e a China têm as mesmas posições sobre questões-chave da agenda internacional.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Os nossos países têm posições semelhantes ou coincidentes sobre questões-chave da agenda internacional. Defendemos a supremacia do direito internacional, uma segurança igual, indivisível, abrangente e sustentável, tanto a nível global como regional, com o papel central de coordenação da ONU [Organização das Nações Unidas]", disse.

Putin ressaltou ainda que ambos os países rejeitam "as tentativas do Ocidente de impor a ordem, baseada em mentiras e hipocrisia, em regras míticas inventadas por alguém desconhecido".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

O líder russo falou também das relações econômicas entre os países, ressaltando que as nações optam por laços econômicos mutuamente benéficos e que estão desenvolvendo uma cooperação no setor de energia.

"Nossos países há muito fazem uma escolha consciente a favor de laços econômicos iguais e mutuamente benéficos. Estamos desenvolvendo de forma sistemática e consistente a cooperação estratégica no setor de energia, onde estamos trabalhando em novos projetos de grande escala", contou o presidente.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

No que diz respeito às relações comerciais, Putin disse que há uma boa dinâmica no fornecimento de produtos agrícolas russos ao mercado chinês.

"Há uma boa dinâmica no fornecimento de produtos agrícolas russos ao mercado chinês. Iniciativas estão sendo implementadas nas esferas de investimento e produção. Os corredores de transporte e logística entre os nossos países funcionam de forma constante e ganham força", afirmou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Durante a entrevista, presidente Putin também ressaltou que a atual relação entre Rússia e China atingiu o nível mais alto da história até então.

"Hoje, as relações entre Rússia e China atingiram o nível mais alto da história e, apesar da situação difícil no mundo, continuam a se fortalecer", comentou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Putin vai visitar a China a partir da próxima quinta-feira (16). Esta será a primeira visita internacional do 5º mandato do presidente russo.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO