CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Mundo

Zelensky volta a pedir que Lula isole Putin

Presidente da Ucrânia também convidou Lula para participar de uma cúpula de paz na Suíça

Volodymyr Zelensky e Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Reprodução)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O presidente da Ucrânia, Vlodymyr Zelensky, voltou a pedir do presidente Lula que apoie Kiev em seu esforço para isolar geopoliticamente o presidente russo, Vladimir Putin. Ele disse, em entrevista a três jornais brasileiros, que Lula pode cometer “um grande erro” caso decida se encontrar pessoalmente com Putin durante a cúpula do Brics, prevista para ocorrer em outubro, na Rússia. A viagem já foi confirmada pelo Palácio do Planalto. 

“Isso seria um grande erro porque nós temos que isolar Putin politicamente. Ele precisa sentir que cometeu erros históricos ao atacar a Ucrânia e iniciar a guerra. E quando um líder se reúne com ele, dá legitimidade [a Putin]”, disse Zelensky. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ele também disse que “O Brasil terá um grande impacto se a política de Lula com a Ucrânia mudar, se ele realmente quiser resolver a guerra e reconhecer a Rússia como agressora”.

Nesse sentido, ele aproveitou a oportunidade para também fazer um convite público a Lula para a chamada Cúpula da Paz, na Suíça, nos dias 15 e 16 de junho. “Espero que ele venha em junho, para se encontrar comigo e com o presidente da Suíça, na cúpula. Esse é o lugar onde teremos a possibilidade de conversar”, comentou.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A Rússia lançou sua operação militar especial na Ucrânia em fevereiro de 2022. Em outubro de 2022, a Rússia intensificou os ataques à infraestrutura ucraniana, incluindo energia, defesa, comunicações e instalações de administração militar, após um ataque à ponte da Crimeia, que foi reivindicado pela agência de inteligência interna da Ucrânia.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO