Cármen Lúcia será a relatora do inquérito sobre Milton Ribeiro no Supremo

A decisão atendeu a uma solicitação da PGR, que pediu a abertura de investigação sobre o ministro da Educação, Milton Ribeiro, e o gabinete paralelo na pasta

www.brasil247.com - Ministra Cármen Lúcia
Ministra Cármen Lúcia (Foto: ABr)


247 - A ministra Cármen Lúcia será a relatora do inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) que investigará se o ministro da Educação, pastor Milton Ribeiro, ajudou a implementar uma espécie de "gabinete paralelo" na pasta. O STF atendeu a um pedido feito pela Procuradoria-Geral da República (PGR), que pediu a abertura de investigações contra o ministro. 

O titular do MEC disse que, na liberação de verbas para ações na educação, o governo Jair Bolsonaro prioriza prefeituras com pedidos negociados por dois pastores - Gilmar Santos e Arilton Moura.

O Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou uma fiscalização extraordinária em convênios do MEC. 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) protocolou junto ao Supremo uma ação pedindo o impeachment de Milton Ribeiro

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ministro disse que Bolsonaro solicitou a ida dos pastores ao MEC, mas, "em nenhum momento", disse Ribeiro, "pediu tratamento especial" aos religiosos

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email