CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasília

Ibaneis Rocha diz que não foi avisado da data da viagem de Anderson Torres aos EUA antes do 8 de janeiro

Torres foi exonerado pelo governador do DF após os ataques golpistas

Ibaneis Rocha (Foto: Crédito: Reuters | Divulgação)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), afirmou em oitiva no âmbito do inquérito que apura a invasão dos Três Poderes por militantes bolsonaristas, em 8 de janeiro de 2023, que a viagem de seu ex-secretário de Segurança Pública, o ex-ministro de Jair Bolsonaro Anderson Torres, aos Estados Unidos, antes dos eventos, 'quebrou a confiança' entre os dois. 

"Ele havia me avisado dessa viagem, mas não a data. Só soube quando liguei e ele estava nos EUA", disse Ibaneis, conforme citado pelo Estado de Minas

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Ele também declarou que as férias do secretário precisam ser autorizadas pelo governador, mas que Anderson Torres não recebeu aval. 

"Fiz a exoneração dele (Torres) porque entendi que se ele estivesse à frente, não teria acontecido esse fato. Eu acredito que se o Anderson estivesse aí, o controle teria sido outro. Com a participação dele, talvez a gente tivesse tido mais efetividade. Mas não posso atribuir a culpa só a ele", prosseguiu o governador, que ainda se disse surpreso com as imagens de policiais militares "confraternizando com manifestantes" naquela data. 

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Carregando...

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO