CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Sul

Prefeitura de Porto Alegre quer construir “cidade provisória” para desabrigados

Plano consiste em buscar ajuda financeira do governo federal para a instalação de barracas no bairro Porto Seco

Imagem Thumbnail
Abrigo em Porto Alegre (Foto: Pedro Piegas/PMPA)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 -  A Prefeitura de Porto Alegre tem o plano de construir uma “cidade provisória” para acolher os mais de 14 mil desabrigados da cidade, informa o colunista Jocimar Farina, de GZH. A ideia é buscar a ajuda financeira do governo federal para instalação de uma estrutura no bairro Porto Seco, que não foi atingido pela cheia do Guaíba, e abrigar pelo menos 10 mil pessoas.

As pessoas seriam abrigadas em barracas fornecidas pela Secretaria Nacional de Defesa Civil, e seriam instaladas no Complexo Cultural Porto Seco, que recebe o Desfile das Escolas de Samba de Porto Alegre. A segurança desses locais ficaria sob responsabilidade das Forças Armadas, em uma missão de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), que só poderia ser decretada pelo presidente Lula (PT).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

A proposta será levada ao governador Eduardo Leite (PSDB) e ao presidente ao longo desta semana. A prefeitura projeta que os locais que estão servindo de abrigos deverão ser desocupados nas próximas semanas, e que a mobilização dos voluntários diminuirá. Assim, a “cidade provisória” poderia servir de abrigo, contando com escolas e mercados temporariamente.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO