América Latina

Mourão pede que Milei conceda asilo político a bolsonaristas que fugiram para a Argentina

Bolsonaristas investigados ou condenados pelos atos golpistas de 8 de janeiro fugiram para a Argentina e agora são alvos de pedidos de extradição ao Brasil

Hamilton Mourão e Javier Milei (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil | Edilson Rodrigues/Agência Senado | Reuters/Ammar Awad)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Ex-vice-presidente e atualmente senador, Hamilton Mourão (Republicanos-RS) pediu que o presidente da Argentina, o ultradireitista Javier Milei, conceda asilo político aos foragidos da Justiça brasileira pelos atos golpistas cometidos em Brasília em 8 de janeiro de 2023.

"A ida de condenados e investigados pelos atos de 8 de janeiro para a Argentina mostra tão somente que essas pessoas não mais confiam na Justiça brasileira, que lhes negou direitos básicos do devido processo legal, bem como impôs penas desproporcionais aos delitos supostamente praticados. A captura internacional, tão desejada pelo governo de turno, mostra claramente o viés autoritário e persecutório da esquerda no poder. Que Javier Milei e a 'Comisión Nacional para los Refugiados (Co. Na. Re)' lhes concedam o justo asilo político", publicou o parlamentar no X, antigo Twitter.

Segundo o porta-voz do governo de Milei, Manuel Adorni, a Argentina analisará pedidos de refúgio de brasileiros caso a caso e o país fornecerá informações solicitadas ao Brasil como determina a lei. 

A Polícia Federal está listando quantos brasileiros investigados ou condenados pelas ações golpistas do 8 de janeiro com mandados de prisão estão na Argentina. 

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Autoridades brasileiras temem que a negativa do governo argentino em relação aos pedidos de extradição possa criar uma crise diplomática "sem precedentes" entre Brasil e Argentina.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO