Sem intervalos, Jornal Nacional dedica 30 minutos a desmentir Bolsonaro na ONU (vídeos)

Principal telejornal da Rede Globo, o Jornal Nacional contestou as declarações de Jair Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU, desmentindo ponto a ponto as mentiras ditas pelo chefe do Executivo brasileiro

(Foto: Reprodução)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - Principal telejornal da Rede Globo, o Jornal Nacional dedicou cerca de 30 minutos, sem intervalo comercial, para contestar as declarações de Jair Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU, desmentindo ponto a ponto as mentiras ditas pelo chefe do Executivo brasileiro.

Os apresentadores chamaram analistas e colocaram gráficos para mostrar as mentiras ditas por Bolsonaro. Durante esta terça-feira, 21, quase toda a imprensa corporativa, que havia pedido para o presidente se comportar, criticou o discurso de Bolsonaro, que nem mesmo tocou em nenhum grande problema internacional - tirando sua campanha contra países não alinhados com os Estados Unidos, como Venezuela e Irã.

continua após o anúncio

Fora da realidade, Bolsonaro fez dicurso anticomunista, defendeu o susposto “tratamento precoce” contra a Covid-19, mentiu sobre o meio ambiente, atacou governadores brasileiros. O PSOL anunciou que enviará carta à ONU para denunciar as mentiras.

 

Bolsonaro foi criticado por diversas autoridades políticas brasileiras e pela imprensa nacional e internacional. O ex-presidente Lula (PT) disse que o presidente brasileiro envergonhou toda a população brasileira com seu discurso.

Durante sua passagem por Nova York (EUA), Bolsonaro tem sido alvo de diversos protestos pelas ruas da cidade-sede da ONU.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247