Pressionado por senador, Mendonça promete defender casamento homoafetivo no STF, mas não diz se é a favor ou contra

"Eu tenho a minha concepção de fé específica. Agora, como magistrado da Suprema Corte isso tem que estar abstraído. Eu tenho que me pautar pela Constituição", respondeu o indicado de Bolsonaro, erguendo uma cópia da Constituição

www.brasil247.com - André Mendonça durante sabatina
André Mendonça durante sabatina (Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - Durante a sabatina de André Mendonça no Senado, que determinará o rumo de sua indicação ao STF, o ex-advogado-geral da União prometeu defender o direito ao casamento homoafetivo, conforme determina a Constituição. 

Contudo, o indicado de Bolsonaro, conhecido como "terrivelmente evangélico", não respondeu diretamente à indagação do senador Fabiano Contarato (Rede-ES). 

"É Favorável ao casamento civil de pessoas do mesmo sexo?", questionou o senador. 

PUBLICIDADE

"O casamento civil, eu tenho a minha concepção de fé específica. Agora, como magistrado da Suprema Corte isso tem que estar abstraído. Eu tenho que me pautar pela Constituição", disse Mendonça, erguendo uma cópia da Constituição. 

"O senhor é favorável ao casamento civil entre pessoas do mesmo sexo?", pressionou o senador. 

PUBLICIDADE

"Eu defenderei o direito constitucional do casamento civil das pessoas do mesmo sexo", respondeu Mendonça. 

Mais cedo na sessão, o indicado de Bolsonaro ao STF disse que avisou po chefe de governo "que não há espaço para manifestação religiosa no STF". 

PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email