Jovem Pan entra na "guerra cultural" bolsonarista e passa a exibir documentários de Olavo de Carvalho

Emissora de extrema-direita decide disponibilizar em sua plataforma séries produzidas pela produtora "Brasil Paralelo", do "guru" do bolsonarismo Olavo de Carvalho

Presidente Grupo Jovem Pan, Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho (Tutinha), e Olavo de Carvalho
Presidente Grupo Jovem Pan, Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho (Tutinha), e Olavo de Carvalho (Foto: Divulgação | Reproduçao)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Grupo Jovem Pan, um dos maiores apoiadores do bolsonarismo e da extrema-direita na mídia brasileira, irá exibir documentários produzidos pela Brasil Paralelo, do ex-astrólogo Olavo de Carvalho, guru intelectual de Jair Bolsonaro. 

A exibição começa a partir desta terça-feira (6) na Panflix, plataforma de conteúdo on demand do Grupo Jovem Pan. Segundo material enviado à imprensa, as produções têm caráter "jornalístico e historiográfico" e englobam temas como política, economia, educação, história e atualidades. Olavo de Carvalho é conhecido pelo negacionismo e por disseminar fake news. 

O primeiro "documentário" que será exibido pela Panflix chama-se "A Queda Argentina". O documentário registrou mais de 1,2 milhão de visualizações nas duas primeiras semanas de exibição pelos canais da Brasil Paralelo.

A Panflix foi lançada em maio de 2020 com um investimento de R$ 30 milhões e está disponível para download nas lojas da Apple Store e Google Play.

Além de entrar na chamada "guerra cultural" com a exibição de documentários olavistas, a Jovem Pan também lançará, em maio, um canal de notícias 24horas: News Jovem Pan, que estará disponível na parabólica, em pacotes de TV por assinatura, no YouTube e outras plataformas de streaming. “Vai ser um canal novo para competir com a BandNews, Record News, CNN, Globo”, diz Tutinha.

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email